Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Carreira de Advogado - Conheça a história de Fernanda Marinela

LFG - Carreira de Advogado - Conheça a história de Fernanda Marinela

 

No dia 11 de agosto é comemorado no Brasil o Dia do Advogado. A escolha da data remete ao dia em que foram instituídas, no ano de 1827, as duas primeiras faculdades de Direito do Brasil: A Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo, e a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco, que foi transferida para a cidade de Recife em 1854.

Direito é a ciência das normas que regulam as relações entre os indivíduos na sociedade. Quando essas relações não funcionam dentro das normas estabelecidas, entra então o trabalho do advogado, que é o profissional responsável por nortear e representar clientes perante à justiça.

No Brasil, para estar apto a exercer a função de advogado, é preciso que o profissional tenha concluído o curso de ensino superior em Direito e que seja aprovado no Exame da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil.

 

A CARREIRA DE ADVOGADO


Dia a dia da profissão

A principal atividade de um advogado é representar e defender os interesses de seus clientes, seja pessoa física ou jurídica, com base nas leis vigentes do país. Um advogado pode se especializar em diferentes vertentes do Direito, tais como Civil, Trabalhista, Previdenciário, Penal, Ambiental, Eleitoral, Tributário e Empresarial.

A primeira etapa do trabalho de um advogado é entender a situação e objetivos do seu cliente e tentar realizar um acordo entre as partes envolvidas sem a necessidade de um processo jurídico. Se as partes não entrarem em acordo, é o advogado quem elabora o caso para apresentá-lo ao Tribunal de Justiça.

 

Na prática

O advogado é o responsável por acompanhar o processo, saber em quais instâncias ele está sendo analisado e manter seu cliente informado da evolução do processo. Além de atuar como advogado de defesa ou acusação, este profissional também pode trabalhar com assessoria jurídica. Neste caso, pode ser contratado por empresas ou trabalhar como autônomo.

 

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os advogados está sempre aberto. Isto porque, enquanto existir vida em sociedade, existirá a necessidade de aplicar normas e leis para garantir a ordem e segurança.

 

Salários

O Estudo de Remuneração da consultoria Michael Page para o setor jurídico indicou que o salário inicial de um advogado júnior varia entre R$ 3.000 e R$ 6.500, dependendo do estado onde atua, de sua especialização e do porte da empresa para a qual trabalha.
Mais variações nos valores e honorários também podem acontecer de acordo com a área jurídica de atuação escolhida pelo profissional.

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DE FERNANDA MARINELA NA ADVOCACIA


Fernanda Marinela é advogada, professora da LFG e em 2016 se tornou a primeira mulher a presidir a OAB seccional de Alagoas. Veja abaixo uma entrevista exclusiva com a professora.


Depois de terminar a faculdade de Direito, por que decidiu trabalhar com advocacia?

O principal motivo que me levou a trabalhar com a advocacia foi a ausência de rotina. Advogar é um desafio eterno, todos os dias eu me deparo com uma situação diferente e tento solucionar o problema usando o conhecimento adquirido. Costumo dizer que advogar é um sacerdócio, eu vivo sendo apresentada a problemas para os quais devo encontrar soluções. Na faculdade a gente aprende como as coisas deveriam acontecer, mas trata-se de um “mundo perfeito”, que não acontece na vida real. Os casos são muito mais complicados e cheios de detalhes do que as situações previstas na Lei e apresentadas na vida acadêmica. A advocacia se torna um sacerdócio porque ocupa a nossa mente o tempo todo, mesmo quando não nos damos conta disso. É emocionante e revigorante ser apresentada a uma situação nova todo o tempo.

 

Do que você mais gosta na profissão?

Do contato humano. Advogando somos obrigados a lidar com os clientes, com servidores públicos de todos os níveis, com outros advogados e mesmo com a parte contrária. Isso me faz compreender cada vez mais a natureza humana e admirar a complexidade, variedade, pensamentos e ideias. Nos faz enxergar na visão do outro, algo que é difícil para a maioria das pessoas. Advogando a gente conversa com todo tipo de pessoas e passa por muitas situações que vão fazendo da nossa história de vida uma riqueza de situações e emoções. Isso me fascina.

 

Quais são as vantagens e desvantagens de ser advogado?

A grande vantagem, ao meu ver, é a liberdade. Enquanto advogado você pode escolher a sua área de atuação, onde, como e quando vai trabalhar. Mas atenção: isso só é uma vantagem quando gostamos de advogar a fazemos isso por opção. Quando se está advogando por obrigação ou falta de opção, torna-se um fardo, e isso é a grande desvantagem. Poderia dizer que é desvantagem também a falta de estabilidade, mas não enxergo assim. Afinal, o que seria da vida sem as emoções?

 

Conte-nos alguns dos casos mais desafiadores que você já trabalhou.

São diversos, mas aqueles mais bacanas são os que quebram paradigmas e aqueles que você inverte situações, especialmente aqueles pro bono. Certa vez me apareceu uma senhorinha que parecia quase uma pedinte. Ela possuía uma “banca” de venda de bananas no mercado municipal de Maceió, onde moro, e me suplicou para negociar a dívida dela. Me explicou que emprestou um dinheiro para um amigo que a pagaria fornecendo bananas para ela vender em sua banca que possuía três tábuas (espaços no mercado). Mas, apesar de ter emprestado dinheiro a ele, o cidadão já tinha tomado dela duas “tábuas” e estava ajuizando uma ação para cobrar dela mais um dinheiro que alegava que ela devia a ele. Um típico caso de abuso da ignorância e boa-fé alheia. O cidadão, crente que a senhorinha não tinha ninguém por ela, pretendia tomar tudo o que a coitada possuía.

Assumi o caso e fomos para a audiência. Ao final, recuperamos as “tábuas” que foram tomadas e anulamos toda e qualquer cobrança dela. Foi lindo ver o quanto esta senhora, já idosa e sozinha no mundo ficou agradecida e aliviada com a solução da situação. Algo que me custou uma tarde mudou a vida de alguém. Foi lindo e inesquecível!

 

Quais dicas você dá aos estudantes para que tenham sucesso na carreira de advogado?

Meu marido, Paulo Nicholas, escreveu um livro chamado “Sucesso com Direito” (Editora Saraiva). Ele sempre fundamenta o caminho do sucesso nos seguintes pilares:

Seja honesto consigo e descubra o que você realmente gosta de fazer;

Estude muito;

Tenha um sonho e lute muito por ele;

Use a imaginação;

Trabalhe em grupo;

Persista, Persista, Insista, Persista;

Ame e seja feliz!

 

A LFG deseja um Feliz dia do Advogado a todos os profissionais da área!

 

Fernanda Marinela é presidente da OAB/AL, advogada e professora de Direito Administrativo da Rede LFG. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Alagoas e especialista em Direito Público pela USP. Professora da Pós-Graduação da UFBA, Professora de Direito Administrativo no JusPodivm-BA e da Escola Superior do Ministério Público de Alagoas. Presidente do INJUR (Instituto Cultural para a Difusão do Conhecimento Jurídico) e professora do Centro de capacitação e aperfeiçoamento do STF. Autora dos livros "Direito Administrativo - 6ª edição” - Editora Impetus, "Servidores Públicos” - Editora Impetus e "Leituras Complementares” - Editora Juspodivm, entre outros.

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: