Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

5 dicas para superar a reprovação em concursos públicos

LFG - 5 dicas para superar a reprovação em concursos públicos

 

Ser reprovado em um concurso público é normal. Aliás, o que acontece com a maioria dos candidatos é estudar e não passar. Sabemos como é intensa e cansativa a rotina dos concurseiros, mas, na maioria das vezes, algumas reprovações acontecem no caminho antes de serem aprovados no cargo em que tanto almejam.

A decisão de seguir a carreira pública é um projeto grandioso que precisa de tempo e dedicação, além de gerar custos com provas, material de estudo e até mesmo com viagens. A etapa das reprovações traz as primeiras pedras do caminho. Por outro lado, é a mais importante para o amadurecimento do candidato em relação aos conteúdos e à prática de fazer provas.


E aí, passou?

Sempre que nos encontramos com familiares e amigos ouvimos essa temida pergunta, que, de acordo com a psicóloga Marília Lobo, é a primeira oportunidade para enfrentarmos a decepção. "Se abrir com a família e pessoas de confiança, explicando os motivos da reprovação, ajuda o candidato a digerir o assunto e a clarear a mente sobre o que o levou ao insucesso”, comenta Lobo.

De acordo com a psicóloga, decepções dessa natureza afetam a auto estima, o que é normal, mas a recuperação não deve demorar muito tempo. “Varia de pessoa para pessoa a quantidade de tempo para recuperar a autoestima e confiança, por isso é importante o autoconhecimento. Alguns praticam esportes, outros preferem conversar, meditar ou passar algum tempo sozinhos”, explica Lobo.


5 dicas para seguir em frente após uma reprovação em concurso público:


1 - Digerir as frustrações

Para que a frustração não seja crônica e atrapalhe o seu desempenho geral, o desânimo e a desmotivação que surgem com os insucessos devem ser rapidamente entendidos, geridos e superados.


2 - Entenda o erro

Questione-se sem culpa e pense de maneira clara sobre o que deverá aprimorar, fazendo planos e se esforçando para não cometer os mesmos erros.


3 - Reveja seu método de estudo

Antes de começar a estudar foque no resultado que deseja alcançar e passe a estudar por metas. Por exemplo, só pare quando entender determinada lei. Depois, passe para a próxima. Ou, se a matéria for Língua Portuguesa, tenha como objetivo dominar um conteúdo de cada vez.


4 - Não tenha vergonha de pedir ajuda

É preciso se conscientizar de que ninguém vai muito longe sozinho. Portanto, não hesite em procurar outros concurseiros e amigos que já passaram para compartilhar dicas e experiências.


5 - Não desista

Faça o que deve ser feito que em breve você vai comemorar a aprovação. A diferença entre o sonho e a realidade é a quantidade de tempo e de trabalho que se dedica.

"É preciso entender que há grandes chances de aprendizado com os equívocos e que, a cada reprovação, a capacidade e chances de melhores resultados aumentam para as próximas etapas", finaliza Lobo.

 

Conteúdo Produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: