Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

9 dicas de interpretação de texto para concursos públicos

LFG - 9 dicas de interpretação de texto para concursos públicos

 

A importância da interpretação de texto não se dá somente no meio educacional, mas também em concursos públicos de uma forma geral. Aprimorar nossa competência no sentido de analisarmos um texto é requisito básico para a eficácia dos resultados.

Quando falamos em interpretação textual, englobamos uma série de particularidades, entre elas a pontuação, já que uma vírgula pode mudar o sentido de uma ideia, além de elementos gramaticais como conjunções e preposições.

Professora de Língua Portuguesa da LFG e pós-graduada em Metodologia de Ensino para terceiro grau, Luciane Sartori explica que existem dois níveis de entendimento de texto, o nível da compreensão e o nível da interpretação.

“O nível da compreensão nada mais é do que entender aquilo que está escrito. Já o nível da interpretação pede que o leitor vá além do que está escrito e faça suas deduções, que tem de estar relacionadas à lógica textual, para chegar a determinadas conclusões com base naquilo que o autor do texto escreveu”, explica Luciane.

 

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA CONCURSOS

Luciane conta que varia de acordo com cada banca a possibilidade de um concurso público contar ou não com questões de interpretação de texto. “Atualmente há uma forte tendência de que as bancas cobrem questões de interpretação de textos, vocabulário e a semântica das palavras dentro do contexto” explica.

“A Fundação Carlos Chagas é a banca que normalmente traz mais dificuldades aos candidatos no que diz respeito à parte de interpretação, pois as questões são muito bem elaboradas e, por isso, cobram uma leitura muito atenta tanto do texto quanto da questão em si”, alerta Luciane.

 

COMO AS QUESTÕES SÃO COBRADAS NA PROVA?

A professora Luciane Sartori conta que, na maioria das vezes, as questões dos concursos públicos relacionadas à Língua Portuguesa apresentam um texto, seguido por questões de interpretação, que podem estar mescladas com questões de vocabulário e sentido das expressões.

“A principal dica é que, antes de tudo, o candidato leia as questões de interpretação, já que costumam ser as primeiras, para então fazer uma leitura mais atenta e objetiva em relação àquilo que lhe foi perguntado”, explica Luciane.

 

COMO ESTUDAR INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

Reconhecimento de palavras-chave

Luciane Sartori conta que a melhor maneira de estudar interpretação de texto é a partir de uma técnica de leitura por reconhecimento de palavras chave, que pressupõe que o candidato faça muitos exercícios para poder ser mais assertivo nas respostas.
“Essa é uma técnica que auxilia o aluno, pois, em geral, as bancas trabalham com textos dissertativos”, explica. “A partir do entendimento da estrutura do texto dissertativo, o aluno aplicará a técnica do reconhecimento das palavras-chave, para que ele entenda como deve analisar cada parágrafo do texto e relacioná-los entre si”, completa a professora.

 

Destacar pontos importantes

Grifar, circular e destacar pontos importantes faz muita diferença e beneficia o estudo de interpretação de texto. “É importante marcar de alguma maneira a ideia principal de cada parágrafo, pois, dessa forma, o aluno consegue automaticamente fazer um resumo e enxergar o texto de maneira mais simples”, explica Luciane.

 

ERROS COMUNS

Extrapolação Textual

Luciane revela que um erro comum dos candidatos é assinalar como resposta correta itens que são de extrapolação textual. Extrapolar, em leitura, significa compreender o que o texto não disse. É uma espécie de derivação ou digressão que o leitor faz com base em marcas do texto das quais ele se desvia muito, fazendo conexões errôneas.

 

Paráfrase incorreta

Luciane conta que outro erro comum se dá por conta de algumas “pegadinhas” pregadas por algumas bancas. “As bancas têm trabalhado com questões de interpretação baseadas no conceito de paráfrase, então parece que o examinador está recriando uma parte do texto mas, na verdade, ele usa palavras do texto para elaborar uma outra frase que traz sentido totalmente diferente”, alerta Luciane.

Por fim, Luciane recomenda que, aqueles alunos que aprenderam alguma técnica de leitura, as utilizem não apenas na hora de prestar concursos públicas, mas em todas as situações do dia-a-dia em que seja necessário interpretar um texto.

 

9 DICAS DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO PARA CONCURSOS

1 - LEIA COM ATENÇÃO

Leia o texto com perspicácia e sutileza para não perder nenhum detalhe.

 

2 - ATENÇÃO AO QUE SE PEDE

Às vezes a interpretação está voltada a uma linha do texto e por isso você deve voltar ao parágrafo para localizar o que se afirma. Outras vezes, a questão está voltada à ideia geral do texto.

 

3 - SEJA CURIOSO

Na hora dos estudos, utilize um dicionário e encontre o significado das palavras do texto que você não sabe o significado.

 

4 - CUIDADO COM A INTERPRETAÇÃO

Não permitia que prevaleçam suas ideias sobre as ideias do autor.

 

5 - DIVIDA O TEXTO

Para melhor compreensão, divida o texto em parágrafos ou partes.

 

6 - CUIDADO COM VOCÁBULOS

"Destoa, não, correta, incorreta, certa, errada, falsa, verdadeira, exceto e outras", são palavras que aparecem nas perguntas e que, às vezes, dificultam entender o que o enunciado está pedindo.

 

7 - DÚVIDA ENTRE DUAS ALTERNATIVAS

Quando duas alternativas lhe parecem corretas, procurar a mais exata ou a mais completa.

 

8 - PALAVRAS CRUZADAS

Além da leitura de textos, um bom exercício para ampliar seu conhecimento léxico é fazer palavras cruzadas. Isso aumenta seu vocabulário e sua cultura.

 

9 - MAIS EXERCÍCIOS

Faça exercícios de palavras sinônimas e antônimas para ampliar suas chances de sucesso.

 

Aproveite essas dicas e bons estudos!

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você:

Conheça alguns cursos: