Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Escrever à mão ajuda a memorizar conteúdos

LFG - dicas de estudo, escrever à mão ajuda a memorizar conteúdos

Já reparou que ao escrever enquanto estuda ou ao fazer anotações durante uma reunião de negócios, a memorização das informações é mais eficiente? Isto porque, segundo o especialista em memorização Paulo Henrique Lyma, o cérebro precisa de estímulos e a escrita, assim como a leitura, exerce esse efeito no cérebro. “Quando lemos com grande eficiência e resumimos as informações, criamos gatilhos mentais que facilitam o resgate das informações, aumentando assim a capacidade de conhecimento e assimilação”, explica.

Nesse aspecto, a era digital pode até ser prejudicial para a assimilação de conteúdo. Isto porque, de acordo com o especialista, ao digitar é possível registrar uma quantidade maior de informações, mas isto não significa que o resgate ou o acesso no longo prazo será eficaz “Ao escrever à mão, ficamos mais focados e trabalhamos melhor nosso sistema cognitivo, o que estimula a assimilação das informações”, descreve.

Segundo Lyma, uma das ações de aprendizagem mais indicada é a elaboração de resumos. “Tais anotações fazem uma relação sensorial com os conteúdos armazenados e funcionam como uma espécie de porta de acesso à memória. Sempre que possível, converse com alguém ou fale mentalmente sobre o conteúdo do resumo, pois ao falar reestabelecemos as conexões das informações, fortalecendo o conteúdo na memória”.

Outra técnica bastante utilizada para a assimilação é a elaboração de mapas mentais. “O recurso desempenha diversas funções do cérebro e, ao mesmo tempo, é uma forma divertida e motivadora de estudar, pois enquanto o aluno usa o lado criativo do cérebro, também faz uso do lado lógico”, indica.

 
Veja abaixo os benefícios de escrever à mão listados pelo Prof. Paulo Henrique Lyma:

• Estimula o cérebro;

• Destaca as informações a serem armazenadas;

• Ajuda a manter a concentração e determinar os objetivos almejados.

 

*Conteúdo produzido pela LFG

Veja também:

Sete erros que concurseiros devem evitar

Realização de simulados e provas anteriores estimula a memorização

Prática de atividades físicas e técnicas específicas melhoram a concentração