Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Exame da OAB 2ª Fase - Saiba como se preparar

LFG - Exame da OAB 2ª Fase - Saiba como se preparar

 

A Ordem dos Advogados do Brasil já divulgou o gabarito da primeira fase do XXII Exame de Ordem Unificado e, quem passou, já deve começar a se preparar para a segunda e última fase, que acontece no dia 28 de maio, das 13h às 18h. Os locais de realização da prova prático-profissional serão publicados no site da OAB a partir de 22 de maio.

Ser aprovado na prova da OAB garante ao bacharel o direito de atuar profissionalmente como advogado, além de torná-lo apto a prestar diversos concursos que exigem a carteirinha da instituição como pré-requisito.

 

SEGUNDA FASE DA OAB

A Segunda Fase da OAB tem o objetivo de avaliar a capacidade prática do candidato. A prova tem duas partes, que somam 10 pontos ao todo e, para passar, o candidato deve alcançar 6 pontos.

A primeira etapa vale 5 pontos e nela o candidato deve escrever uma peça profissional sobre a área jurídica que escolheu no ato da inscrição, entre direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito do trabalho, direito empresarial, direito penal ou direito tributário.

Já a outra parte da prova é composta por quatro questões discursivas, que valem 1,25 pontos cada, e também são relativas à área jurídica que o candidato optou anteriormente.

 

COMO SE PREPARAR

A preparação para a segunda fase do XXII Exame da OAB exige técnica na identificação e formulação da peça, além de domínio jurídico para responder corretamente as 4 questões dissertativas do tema que o candidato escolheu.

Para ajudar os estudantes que passaram na primeira fase a aprofundar os estudos para prestar a 2ª fase da OAB, a LFG desenvolveu 14 cursos focados nas sete matérias que o candidato pode optar para a produção da peça prática e questões dissertativas.

Com aulas expositivas e práticas, os cursos visam preparar o aluno revisitando os principais temas embasados das questões dissertativas, além do estudo de toda a estrutura jurídico/formal das peças prático-profissionais cobradas no exame

Conheça os 14 cursos que a LFG oferece, no formato online e telepresencial, para os ramos do direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito do trabalho, direito empresarial, direito penal e direito tributário.

 

10 DICAS PARA PASSAR NA SEGUNDA FASE DA OAB

João Aguirre é Doutor em Direito Civil, professor da LFG e preparou 10 dicas especiais para quem vai prestar a segunda fase da OAB:


1. Além de estudar a peça, pratique a resolução das questões:

Muitos candidatos ficam tão preocupados com a peça que negligenciam o estudo das questões dissertativas. Além de estudar as peças, é preciso treinar a resolução de questões, pois se o candidato zerar nessa parte ele não passará na prova, assim como se ele zerar na peça. A sugestão é que estude questões que já caíram em provas anteriores pelo site da OAB, pois lá tem o espelho de correção.


2. Aposte no material mais atualizado:

A OAB pode cobrar súmulas dos tribunais que saíram até a publicação do edital. Por isso, o candidato deve estar bastante atento quanto a atualização do seu material. Vale investir na atualização dos códigos e coleções e tomar muito cuidado com material da internet já que, muitas vezes, não há como precisar de quando é aquele material.


3. Habitue-se ao material que terá no dia da prova:

É essencial estar totalmente familiarizado com o material de consulta para a prova. No dia do Exame, o candidato pode usar apenas o código e a legislação seca, sem anotações. O uso do índice remissivo das coleções Vade Mecum e dos códigos é o primeiro passo. O material é o melhor amigo do candidato na prova, já que as respostas para as questões muitas vezes são encontradas em artigos do código.


4. Faça simulados para treinar o gerenciamento do tempo:

Já que a prova dura 5 horas, uma boa maneira de treinar é resolvendo provas anteriores utilizando um cronometro. Assim, é possível ter a noção de gerenciamento do tempo, fundamental para conseguir fazer a peça e resolver todas as questões.


5. Crie condições semelhantes às da prova:

No dia da prova o candidato é obrigado a escrever à mão, portanto deve treinar este tipo de escrita. Por não termos mais costume de escrever à mão, também é preciso cuidado com a letra. Lembre-se que o examinador não terá toda a disposição do mundo para decifrar o que está escrito, caso esteja ilegível. Geralmente eles circulam a palavra que não entenderam, colocam um ponto de interrogação e tiram pontos. O tamanho da letra também deve ser observado. Como previsto no edital, não são aceitas respostas que não estejam dentro dos limites da folha.


6. Descanse na noite anterior:

A prova é longa e exige concentração máxima. Por isso, perder horas de sono na véspera pode comprometer o desempenho do candidato. A dica é descansar na noite de sábado para domingo. O candidato pode até ler alguns textos, mas não adianta ficar estudando muito nestas horas finais.


7. Chegue com antecedência ao local de prova:

Segundo prevê o edital, os candidatos devem chegar ao local de prova 1h30 antes do início. Chegue com antecedência, pois os fiscais vão verificar se o material que o candidato possui está adequado para uso. Lembre-se que o horário oficial é o de Brasília.


8. Questão fácil? Responda logo:

Logo na primeira leitura pode aparecer uma questão de fácil resposta. A orientação nesses casos é já responder, caso considere simples. Em seguida, deve começar a fazer a peça e depois voltar às outras questões.


9. Atente aos termos jurídicos no enunciado da peça:

A primeira leitura geralmente é assustadora e acompanhada por muitas interrogações. Por isso, é importante que o candidato leia a primeira vez, respire fundo, tome água e leia mais uma vez. Nesta segunda leitura ele deve circular os termos jurídicos que encontra no texto, porque são estas as palavras que ele vai encontrar no índice remissivo.


10. Não deixe nada em branco:

Nas questões objetivas só há uma alternativa correta, não existe meio termo. Porém, na prova escrita existem o certo e o meio certo. E essa nota quebrada pode fazer toda a diferença na pontuação final. Se não souber a resposta, procure termos do enunciado no código e indique artigos, mas não deixe em branco.

 

ESTUDE COM ANTECEDÊNCIA

A segunda fase da OAB acontece no dia 28 de maio, portanto, você ainda tem mais de um mês para se preparar. Aproveite o tempo disponível, estude com antecedência e siga essas dicas que suas chances de passar na segunda fase serão bem maiores.

Bons estudos!

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

 

LFG - Cursos para o Exame da OAB 2ª fase

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: