Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Conheça algumas histórias de aprovados no Exame da OAB

LFG - Conheça algumas histórias de aprovados no Exame da OAB

 

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil divulgou recentemente a lista preliminar de aprovados na prova prático-profissional aplicada em 18 de setembro. Para alguns alunos da LFG, a lista confirmou o êxito tão merecido após muita dedicação.

A aluna Fernanda Cosimatti (34) formou-se em agosto de 2015 e conseguiu aprovação no XX Exame da OAB, em sua quarta tentativa. Ela conta que a didática do professor André Paes foi a principal responsável pelo êxito. “Ele ditava a peça em quase todas as aulas. Isto sem dúvida, além de ajudar a memorizar a estrutura da peça, também sanou as dúvidas que a cada dia são diferentes. Os outros cursos preparatórios não contam com uma didática tão boa”, conta.

Além disso, a agora advogada acredita que o fator emocional influencia bastante no desempenho. “Já tinha feito a prova três vezes. Nesta quarta tentativa, ao chegar à última fase, me sentia mais tranquila”, explica Cosimatti.

A profissional, que já estagiou na área de Direito por três anos, acredita que uma preparação focada no Exame da OAB durante o último ano da graduação ajudaria bastante. Ela avalia que apenas o curso da LFG lhe forneceu o conteúdo necessário para alcançar a aprovação.

Já o empresário Guilherme Franco (30), formado em 2008 e que desde então não tinha mais qualquer contato com o mundo jurídico, matriculou-se em um curso extensivo no mês de maio e recebeu a notícia da aprovação com muito entusiasmo e surpresa. “Não tinha muito tempo de estudo, pois sou empresário, casado, com muitos compromissos durante o dia, como muitas outras pessoas”, conta.

Para Franco, o método de estudo e a dedicação dos professores com os alunos proporcionaram a instrução fundamental para alcançar a aprovação. “No momento da prova, lembrei dos conselhos do professor Nestor e senti a tranquilidade que ele mencionou que eu teria quando conseguisse identificar a peça. Além disso, o professor Cristiano acertou o que seria cobrado”, relata.

Como próximos passos, o recém-aprovado pretende fazer um curso preparatório para concursos policiais e, logo depois, um curso de pós-graduação.

 



*Conteúdo produzido pela LFG

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: