Blog Acontece

Este canal é feito especialmente para você que busca dicas de estudos, notícias e artigos do mundo jurídico, preparação para provas de concursos públicos e OAB, entre outros temas relevantes do segmento em que atuamos. Acompanhe nossas publicações e amplie ainda mais seus conhecimentos.

Polícia Civil/RR: MP dá prazo para contratação da banca

O Ministério Público de Roraima (MP/RR) acolheu uma ação de execução contra o estado, cobrando maior agilidade na realização do aguardado concurso público da  Polícia Civil  do estado (PC/RR). De acordo com decisão divulgada pelo MP/RR, no último dia 24, o estado fica obrigado a comprovar, no prazo de 30 dias, contrato com a banca organizadora responsável pela aplicação das provas objetivas.  Inicialmente, a previsão era divulgar o edital do certame em março. Inclusive, já havia sido confirmada a Fundação Vunesp como organizadora. No entanto, a assinatura do contrato não chegou a se concretizar, o que tende a ocorrer agora, com a decisão do MP/RR.
 
No final do ano, em entrevista para a Rádio Folha 1020, em 3 de dezembro, a  delegada titular da Delegacia Geral da corporação, Edinéia Chagas, chegou a dizer que a realização concurso deve ser uma das prioridades para 2018. %u201CHoje em dia são 66 delegados, com um quantitativo geral de 400 agentes, quando o ideal pela lei é de mil agentes. O quantitativo de delegados da Polícia Civil hoje em dia é pequeno, todos direcionados a atividade operacional. Por isso o concurso é necessário. O crime aumentou em Roraima e a Polícia Civil não cresceu%u201D, disse. %u201CNossa meta é torná-la mais eficaz com o aumento do efetivo no ano que vem%u201D, disse.
 
Segundo ela, também existe o interesse de elaborar um projeto de lei para criar o corpo técnico da Polícia Civil, também para preenchimento por meio de concurso. %u201CEu preciso de dois estatísticos, um administrador, um contador. Preciso de psicólogo e assistente social para melhor atender a vítima vulnerável a partir das delegacias. Como esse corpo técnico ainda não foi criado, hoje a gente percebe o quanto é necessário%u201D, disse.
 

A seleção será para o preenchimento de 330 vagas, para todos os cargos da carreira policial, distribuídas regionalmente. Também já está certo que a segunda fase do certame, o curso de formação profissional, será realizado na Academia de Política Integrada (API).

 
A expectativa inicial, segundo o secretário de Segurança Pública do estado, delegado Francisco Araújo, era de aproximadamente 400 vagas, incluindo 40 para delegados, 150 para escrivães, 100 para agentes, 20 para peritos, 20 odontologistas e também oportunidades para os cargos de auxiliar de necropsia, auxiliar de papiloscopista e perito papiloscopista.
 
Para os cargos de auxiliar de necropsia e auxiliar de papiloscopista é exigido ensino médio, com remuneração inicial de R$ 2.647,03. Para as demais carreiras, com necessidade de nível superior, o inicial é de R$ 3.970,56, exceto para delegado, com inicial de R$ 18.387.
 
 
 

Último concurso

 
A última seleção da PC/RR ocorreu em 2003, quando foram oferecidas 930 vagas, sendo 25 para médico-legista, cinco para odonto-legista, 30 para perito criminal, 20 para auxiliar de necropsia, 20 para perito criminal, 100 para escrivão, 400 para a gente de polícia, 200 para agente carcerário, 30 para perito papiloscopista e 100 para delegado.
 
A banca organizadora foi o Cespe/UnB.           
 

Ficha Técnica

  • Concurso Polícia Civil
  • Número de Vagas 0
  • Cargo -
  • Escolaridade Superior, Médio
  • Estado com vagas RR
  • Área de Atuação Segurança Pública
  • Faixa Salarial de R$ 2.647,00 a R$ 18.387,00
  • Taxa de Inscrição Não Existe
  • Organizadora O próprio órgão
  • Cidade -
Assine nossa newsletter!