Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

8 dicas para melhorar a memória nos estudos

LFG - 8 dicas para melhorar a memória nos estudos

 

Uma das funções mais complexas e importantes do cérebro humano é a memória. Quando ela não funciona a pleno vapor, o rendimento cai e surgem dificuldades tanto no trabalho como nos estudos.

 

No ritmo de vida atual que levamos atualmente somos bombardeados por informações a todo o momento, o que é propício para o surgimento de problemas relacionados à memória.

 

Atualmente, certa parte da população adulta se queixa de problemas de memória. Porém, na maioria das vezes essa dificuldade não é causada por doenças cerebrais específicas, mas sim pelo excesso de informação que guardamos e priorizamos em nossas cabeças.

 

 

ESQUECER PARA LEMBRAR


Entre todas as atividades que nos comprometemos a realizar durante o dia, é fato que, em algum momento, nossa memória falhará e não lembraremos de alguma coisa. Porém, a chave para evitar esse problema e continuar utilizando toda a incrível capacidade da nossa memória não é tentar se lembrar de cada vez mais coisas, mas sim aprender a esquecer.

 

A explicação dada por estudiosos é que as informações competem por espaço na nossa cabeça, por isso temos que lembrar do que é mais importante e esquecer o menos importante.

 

Se você é estudante e quer melhorar o desempenho da sua memória, veja abaixo as dicas que separamos para resolver o problema:

 

 

DICAS PARA ESTIMULAR A MEMÓRIA NOS ESTUDOS

 

 

1 - Concentre a sua atenção no que está fazendo

 

Evite as distrações e fuja do “modo multitarefa”. A atenção é um dos principais componentes da memória. Para que a informação possa passar da memória de curto prazo para memória de longo prazo, é necessário concentrar a atenção nessa informação.

 

Quando estudar ou tentar memorizar algo, é importante estar em um lugar sem distrações e que nos permita focar a atenção. Assim, o estímulo que interessa se destaca e a memorização é facilitada.

 

 

2 - Estabeleça sessões regulares de estudo

 

Organize seu tempo e evite os excessos. Já está comprovado que os alunos que estudam regularmente aprendem mais do que aqueles que estudam tudo de uma vez. Estudar aos poucos é importante para que o seu cérebro tenha tempo de decodificar a informação e armazená-la na memória de longo prazo.

 

 

3 - Estruture e organize as informações

 

Simplifique, esquematize, analise, interaja. Os pesquisadores têm demonstrado que a informação se organiza na memória em grupos relacionados entre si. Portanto, estruturar e organizar os materiais de estudo, agrupar os conceitos semelhantes ou fazer resumos e tomar notas durante a leitura torna mais fácil a memorização.

 

 

4 - Adicione novas informações aos seus conhecimentos

 

Os seus conhecimentos o ajudarão a dar sentido e significados às novas informações. Ao se deparar com o estudo de um material novo e desconhecido, pense em como pode relacioná-lo com o que você já aprendeu. Estabelecer relações entre as novas ideias e as memórias já existentes facilita a memorização.

 

 

5 - Comece pelo mais fácil

 

A ordem da informação pode desempenhar um papel importante no processo de memorização. Uma técnica interessante é reestruturar a informação, começando pelo que é mais fácil de memorizar e dedicando um tempo maior ao que é mais difícil.

 

 

6 - Relaxamento

 

Métodos de relaxamento como meditação, por exemplo, são formas reconhecidas de preservar as lembranças. Segundo estudos amplamente divulgados, a prática diária da meditação ativa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

 

 

7 - Pratique exercícios físicos

 

O exercício físico melhora e protege a função cerebral, sugerindo que pessoas fisicamente ativas apresentem menor risco de serem acometidas por doenças neurodegenerativas.

 

 

8 - Boa noite de sono

 

E para terminar a lista, durma bem! O sono é definido por cientistas como o estado em que nosso corpo otimiza e consolida novas informações adquiridas e as armazenam como memória.

 

 

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: