Blog Acontece

Este canal é feito especialmente para você que busca dicas de estudos, notícias e artigos do mundo jurídico, preparação para provas de concursos públicos e OAB, entre outros temas relevantes do segmento em que atuamos. Acompanhe nossas publicações e amplie ainda mais seus conhecimentos.

OAB XXVII - Dicas preparatórias para a 2ª fase

OAB XXVII - Dicas preparatórias para a 2ª fase

 

 

A OAB XXVII tem sua prova de segunda fase marcada para o dia 20 de janeiro. Desta forma, a preparação para quem fará o exame da Ordem dos Advogados do Brasil não terá muita folga durante o período de festas: é preciso estar atento e bem suportado para enfrentar o que está previsto no edital. Para tanto, o blog Acontece LFG preparou um apanhado de informações relativas à prova. Boa sorte!

 

Como é a 2ª fase da OAB

 

Com a média de aprovação na casa dos 20% dos inscritos, o exame da OAB traz, em sua segunda fase, uma prova objetiva. Assim, dentro de todas as matérias solicitadas, vale para quem está estudando, repetir as provas anteriores e estudar por meio dos exercícios aplicados. No canal da LFG no YouTube, diversas videoaulas são direcionadas aos interessados no assunto sobre os temas cobrados.

 

Como as provas geralmente abordam os assuntos de forma similar, vale prestar atenção nos pormenores. Para ser aprovado no exame da OAB, é necessário conhecer a fundo o conteúdo. Não adianta apenas pincelar seus pontos fracos e fortes: tem que se empenhar, fazer pequenos resumos e entender realmente sobre o que é pedido na prova.

 

No entanto, na segunda fase da OAB é possível consultar a legislação, orientações sob jurisprudência, precedentes normativos e súmulas. Levar o Vade Mecum, sem comentários ou anotações, também é permitido. Mesmo com a consulta permitida, vale saber pelo edital quais processos estão envolvidos no conteúdo, para que não haja confusão na hora da consulta.


Tão importante quanto, é se manter atualizado sobre as mudanças em leis e sempre ter em mãos a legislação que está em vigência. O material a ser consultado é inspecionado pelos aplicadores da prova. O que não cumprir a regra e estiver em ordem, fica de fora do rol de material a ser consultado.


As principais disciplinas cobradas, escolhidas previamente pelo candidato, são:
● Direito Administrativo
● Direito Civil
● Direito Constitucional
● Direito Empresarial
● Direito Penal
● Direito Tributário
● Direito do Trabalho


Assim, para escolher a disciplina para a segunda fase, é aconselhável apostar em suas aptidões. Geralmente, as disciplinas solicitam as matérias:

 

Direito Administrativo


De acordo com o histórico do exame da Ordem, juntamente ao Direito Empresarial, o Direito Administrativo tem uma grande variedade de peças a cada edição. No entanto, considere peças para estudar que tratem sobre rito ordinário, mandado de segurança, ação popular, contestação e responsabilidade civil e apelação.

 

Direito Civil


Com enorme variedade de temas, o Direito Civil pode cobrar bastante sobre a divisão do Código Civil, além de peças diversas, relativas à época de realização da prova. Apelação está entre as campeãs entre os temas mais solicitados.

 

Direito Constitucional


Com maior índice de aprovação, o Direito Constitucional é também a disciplina menos escolhida entre os concorrentes. A disciplina deve cobrar Controle de Constitucionalidade, Ações Diretas de Constitucionalidade (ADI) e recurso extraordinário estão entre os mais pedidos, nas questões discursivas.

 

Direito do Trabalho


Direito do Trabalho está também entre as preferidas de quem presta o exame da OAB. Assim, é importante conhecer e estudar as súmulas e orientações jurisprudenciais do Direito do Trabalho, bem como a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), contestação, recurso ordinário e petição inicial.

 

Direito Empresarial


Assim, como citado acima, o Direito Empresarial é uma das disciplinas com menor índice de escolha entre os candidatos ao exame da OAB. Questões relativas aos trâmites legais de sociedade entre partes, empresas, conglomerados, falência e recuperação judicial estão entre as peças mais aplicadas.

 

Direito Penal


Direito Penal costuma ser a disciplina mais escolhida entre os candidatos. Porém, sua infinidade de assuntos faz com que seu índice de reprovação seja alto. Assim, é necessário estudar assuntos como crimes em espécie, teoria geral do crime, extinção de punibilidade e progressão de regime penal, além do Código de Processo Penal (CPP).

 

Direito Tributário


Licitações, organização administrativa da União, serviços públicos, bem como seus agentes estão entre os assuntos mais cobrados em Direito Tributário. Além disso, figura entre as peças mais pedidas pelos aplicadores da OAB o assunto mandado de segurança com pedido de tutela antecipada. Fique atento!


Como deve ser a construção de sua peça


Um dos pontos principais para o desenvolvimento na segunda fase da OAB é a elaboração da peça prático-profissional. Primeiramente, o candidato tem que identificar a peça. Assim, é preciso conhecer e analisar todas as informações propostas pela FGV com muita atenção. É fundamental deixar de forma bem clara quais são os artigos que fundamentam seus argumentos. Quanto mais sucinta e explicativa for sua peça, melhor. A ideia é não ultrapassar o limite de linhas e tampouco acabar escrevendo coisas desnecessárias.


Em seguida, pense na divisão de sua peça: ela deve ter endereçamento, qualificação das partes, exposição dos fatos, argumentação e fundamentação, pedido, valor e assinatura. Com essa separação bem definida, não se empolgue com fatos irrelevantes. No passo final, sua assinatura deve estar correta.


Alguns critérios de correção


Raciocínio jurídico dos candidatos é o mais avaliado nas questões subjetivas da prova. Assim, de nada adianta fazer a referência a determinado Artigo sem justificar com bons argumentos suas respostas. A argumentação desenvolvida será avaliada, sendo a justificativa lógica imprescindível.


Referente à parte prático-profissional, a argumentação também é ponto fundamental. No entanto, de nada adianta construir uma boa argumentação que seja baseada em alguma informação que esteja errada. A língua portuguesa conta e muito para acrescentar ou tirar pontos. Erros não são tolerados.


A ordem para as respostas devem ser seguidas à risca. Se o candidato se confundir e responder a questão da folha três, na folha dois, por exemplo, sua nota é zerada. São cinco folhas de respostas, separadas para a peça prática.


Após a liberação do resultado preliminar, quem prestou ao exame da OAB tem o direito de recorrer nos casos em que acreditar ter havido algum erro referente à formulação de questões ou mesmo na correção da prova.

 

Dicas para o dia da prova da OAB
● Leia atentamente o que a prova pede. De nada adianta meter os pés pelas mãos e se atrapalhar;
● Esteja atento em suas consultas na hora da prova;
● Leve alimentos leves, como barras de cereal, para ser consumidos durante a realização do exame. Cuide de sua alimentação;
● Beba água;
● Cuidado para não se perder entre os temas propostos;
● Escreva somente o necessário. Não ultrapasse o número de linhas de sua peça;
● Na prova tenha atenção quanto à ordem das respostas, bem como o uso da folha correta;
● Cuidado para não se perder no tempo de prova.

 


A rede LFG deseja boa sorte a todos!

 

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

 

Recomendamos para você:

Central de Vendas
×

Central de Vendas

4020-2108

O atendimento é feito de 2ª a 6ª feira, das 08h às 20h, exceto feriados. Horário de Brasília.


ou


Nós ligamos para você:

Enviando ...