Atendimento Blog Acontece

Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Prática de atividades físicas e técnicas específicas melhoram a concentração

LFG - Prática de atividades físicas e técnicas específicas melhoram a concentração

 

Essencial para o bom rendimento nos estudos, a concentração é um dos maiores desafios dos estudantes em geral, afirmam especialistas. “Isso porque existem diversos recursos aos quais recorremos para nos concentrar que, quando mal utilizados, podem ser prejudiciais. Por exemplo: a audição é um dos sentidos que ficam mais aguçados durante o estudo. O menor ruído pode ser motivo de distração”, explica Felipe Lima, especialista em coaching e professor da LFG.

Por conta disso, o Acontece conversou com especialistas em diversas áreas para entender e recomendar atividades que ajudem a aumentar a capacidade de concentração.

Segundo Felipe Lima, para resolver o problema da audição, uma das ações que auxiliam a solucioná-lo pode ser ouvir música enquanto estuda. “Prefira músicas instrumentais, pois, além de quebrarem a regra de estudar no silêncio (o que não é nada produtivo), a música ajuda a estimular a sua concentração.”


Veja abaixo três dicas do especialista para aprimorar a concentração:

•    Atenção para a postura! Verifique se sua cadeira está em uma altura adequada e se seus pés têm apoio;

•    Posição dos livros: procure sempre deixá-los na altura dos olhos. Existem alguns suportes que podem ajudar a deixá-los em uma altura ideal. Ou você pode até mesmo improvisar, se for o caso;

•    Pratique exercícios físicos regularmente! É cientificamente comprovado que a prática de atividade física melhora o rendimento cognitivo, regenera neurônios e aumenta a energia do corpo.

De acordo com Natalia Bruzzone, professora de musculação da Smart Fit, a realização de qualquer tipo de atividade física melhora a concentração, assim como a memória e o raciocínio logico. “Toda prática de exercício exige concentração e atenção para que os movimentos aconteçam da melhor maneira possível. Desta maneira, fisiologicamente, o corpo responde a esses estímulos”, explica a profissional.

A especialista conta ainda que, de acordo com o Salk Institute, a prática de exercícios físicos por pelo menos três vezes na semana melhora em até 15% a capacidade de aprendizado e concentração. “Toda movimentação cria novas conexões interneurais, mantendo a mente jovem e ativa. Além disso, o aumento da oxigenação proporciona mais qualidade às tarefas desempenhadas diariamente”, conta Natalia.


*Conteúdo produzido pela LFG

 

Veja também:

Beber água potencializa a qualidade dos estudos

Como uma alimentação saudável pode ajudar nos estudos

Fatores que interferem na qualidade do estudo