Blog Acontece

Este canal é feito especialmente para você que busca dicas de estudos, notícias e artigos do mundo jurídico, preparação para provas de concursos públicos e OAB, entre outros temas relevantes do segmento em que atuamos. Acompanhe nossas publicações e amplie ainda mais seus conhecimentos.

Como tornar seu trabalho e sua vida mais produtivos

Como tornar seu trabalho e sua vida mais produtivos

 

Ser mais ou menos produtivo está atrelado à diversas práticas. Assim, de nada adianta marcar todos os seus afazeres em listas e agendas e ao mesmo tempo, constatar que estes não estão sendo cumpridos. Tudo porque, quando isso acontece, a frustração e o desânimo de não ter concluído algo pode tomar o lugar do que deveria ser um tempo para você produzir mais ou mesmo para descansar em tranquilidade por estar com tudo pronto. 

 

Neste âmbito, é importante considerar que a cobrança excessiva - seja sua cobrança interna ou de algum colega de trabalho, também funciona como ponto negativo para a produtividade. Quanto mais peso tem um apontamento que não foi realizado, as chances de se perder em coisas acumuladas podem ser grandes.

 

No entanto, a melhor forma de organizar-se e render mais é exatamente ter mais controle sobre seu tempo, inclusive para ficar ocioso. A ociosidade pode ser preciosa para quem tem que produzir. Confira abaixo algumas dicas para tornar não somente seu trabalho, mas sua vida toda mais produtiva.

 

Preocupe-se com a mente

 

Adotar regras para tornar-se mais produtivo começa pela mente. Afinal, organizar-se mentalmente vai ajudá-lo a encontrar seus pontos principais de produtividade, como horários, temas importantes e até o que deve ser considerado e o que deve ser dispensado.

 

Desta forma, a primeira separação a ser feita deve ser a de coisas urgentes e itens que podem esperar. Afinal, é impossível fazer todas as coisas ao mesmo tempo, não é mesmo? Portanto, procure focar em tudo por ordem de prioridade. Faça listas (pode ser à mão, em um caderno especificamente para tal feito), pode ser no computador e até mesmo em seu smartphone) dos afazeres mais urgentes e atribua notas para assuntos que devam ser priorizados.

 

Em seguida, lembre-se de controlar essas anotações. De nada vale anotá-las e esquecê-las. É claro que itens urgentes e surpresas podem aparecer. No entanto, quando a agenda está organizada, é mais fácil reorganizar as prioridades e contornar a situação.

 

Aprenda a dizer não

 

Dizer “não consigo”, “não posso”, “não sei”, não é demérito de ninguém. Ao contrário disso, levanta inclusive, a hipótese de aumento de confiança entre os superiores a seu cargo. Afinal, a sinceridade está em os requisitos mais admirados por estar diretamente atrelada positivamente ao caráter do ser humano.

 

Além disso, não pegar todos os afazeres possíveis, aponta que você está conseguindo manter os seus apontamentos e prioridades em ordem. E, ao lado da sinceridade, a organização funciona como uma estrela de bom comportamento.

 

Por isso, antes de aceitar algum trabalho ou missão, veja se realmente vai conseguir produzir o que estão pedindo e, principalmente, no tempo que está sendo solicitado. Em complemento, procure entender a demanda corretamente e não tenha vergonha de dizer que, de repente, não sabe como fazê-la. Pedir ajuda pode, além de incutir um novo conhecimento a você, criar uma rede colaborativa entre seus colegas de trabalho.

 

Alimente-se corretamente

 

É claro que, com a correria do dia a dia, muitas vezes comer de três em três horas como os nutricionistas e especialistas em saúde recomendam, não é possível. Entretanto, deixar de se alimentar ao menos nas refeições principais, não garante o aumento de sua produtividade. Aliás, muito pelo contrário: se estiver mal alimentado, as chances desta produtividade diminuir são enormes.

 

O velho ditado já dizia: “saco vazio não para em pé”. Pasme: é a mais pura verdade. Separe um tempo de seu dia para concluir com êxito e boa alimentação suas refeições. Se preferir, guarde frutas para comer no intervalo entre as principais. Além disso, em dias de muitos afazeres, prefira refeições mais leves e nutritivas a comidas mais pesadas. Sem essa de “não vou ter tempo para almoçar”, por exemplo.

 

Nem que não seja completada uma hora, coma - devagar - em 30 minutos. Evite também comer enquanto trabalha ou ao lado do computador. Afinal, o celular com notificações contínuas está ao alcance de nossas mãos em muitos momentos (o que também não é recomendado e será tratado no próximo tópico).



Desligue-se nos momentos possíveis

 

E, se eles supostamente “não existirem”, crie-os. Faça valer momentos para ficar totalmente desligado do assunto trabalho. Não precisa fugir de seus colegas na hora do almoço, por exemplo. Mas evite falar sobre problemas ou mesmo afazeres durante o tempo em que estiver fora do ambiente de trabalho.

 

Além disso, use a hora do almoço em que não estiver comendo para ler um pouco sobre um assunto totalmente diferente do que está habituado ou que seja necessário para o trabalho ou aproveite simplesmente para relaxar. Ande pelo bairro, sente-se confortavelmente em um café e aprecie a vida. Seu dia vai render muito mais depois desta atitude, confie.

 

Ansiedade: a grande inimiga

 

Um dos grandes problemas e inimigos da produtividade é ansiedade. Tudo porque, essa história de trabalhar com prazos apertados e necessidade de sempre fazer muito mais, também cria comportamentos desesperadores. Entram novamente em ação a sabedoria e responsabilidade de saber dizer não e delegar o que não for de extrema necessidade a alguém.

 

Seu corpo pede por descanso. Ficar o tempo todo se martirizando porque não vai conseguir entregar algum trabalho ou mesmo correr para terminá-lo o quanto antes, o tornará maçante. Ficar exaurido de tanta coisa para fazer não é legal e alimenta o monstrinho ansioso. Procure dormir entre seis e oito horas por noite e pratique exercícios físicos.

 

Tome decisões práticas

 

Pensar em decisões que podem garantir que tanto seu trabalho quanto de seus colegas de equipe possa se desenvolver da melhor forma possível pode contribuir e muito para o aumento da produtividade. Além disso, visualizar o resultado final de um trabalho, mesmo antes de estar concluído, o ajuda a entender quais processos devem ser facilitados para encontrar o que espera.

 

Novamente, pedir ajuda a outras pessoas não é feio, não está errado e ainda permite algo muito importante e geralmente esquecido entre os feitos diariamente: a troca de conhecimento e ideias. Assim, procure a produtividade também em conversas - informais ou reuniões.

 

Descarte as reuniões que “poderiam ser um e-mail”

 

A história virou meme e ganhou a internet com a frase: “tive uma reunião que poderia ser um e-mail”. O ideal é não deixar que isso aconteça. Simplesmente porque esse tempo, ao contrário da troca de conhecimento, faz com que todos os presentes percam seu ritmo.

 

Afinal, por que não usar a tecnologia para melhorar a vida de todos? Certamente a equipe inteira vai render muito mais do que ficar ao menos uma hora conversando em uma sala, um assunto sem muita relevância. Além disso, o e-mail (ou mesmo a troca de mensagens em um grupo de Whatsapp, por exemplo), está documentado e pode ser consultado novamente quando for preciso.

 

O fato ainda resolve um outro tempo perdido: a necessidade de uma ata de reunião, para contar (geralmente por e-mail) a todos os envolvidos o que foi discutido na reunião.

 

 

 

 

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

 

 

 

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você:

Central de Vendas
×

Central de Vendas

4020-2108

O atendimento é feito de 2ª a 6ª feira, das 08h às 20h, exceto feriados. Horário de Brasília.


ou


Nós ligamos para você: