Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Exame da OAB - Veja erros que podem ser evitados

Exame da OAB - veja erros que podem ser evitados

 

Começou a contagem regressiva para a primeira fase do XXIV Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e também para o nervosismo dos bacharéis em Direito que vão tentar obter o passaporte para exercer sua carreira.

A prova objetiva será no próximo dia 19 de novembro e exige muito estudo dos candidatos. Além de uma boa preparação, o candidato deve ficar atento para não cometer erros comuns que prejudicam o desempenho durante essa etapa.

 

O exame objetivo da OAB conta com 80 questões de múltipla escolha e tem duração de cinco horas. Quem acertar 50% do teste garante uma vaga para a segunda fase, a prova prático-profissional com perguntas dissertativas, marcada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a banca examinadora do exame, para o dia 21 de janeiro de 2018.

 


Prova objetiva da OAB

 

A prova objetiva da OAB exige que o candidato tenha conhecimento sobre 17 matérias que são temas das questões. São disciplinas que abrangem quase todo o conteúdo aprendido pelo estudante de Direito durante a graduação.

 

"Infelizmente, nem todos tiveram vivência prática na faculdade. Muitos não tiveram oportunidade de fazer estágio porque tinham emprego fixo em outras áreas. Alguns não tinham condições e outros não quiseram mesmo passar por essa experiência”, constata Renato Montans, mestre e especialista em Direito Processual Civil pela PUC/SP e professor da LFG.

 

Coautor do livro Exame da OAB - Área Civil, Primeira Fase, da Editora Saraiva, Montans observa que a prova objetiva é muito focada no conhecimento prático e exige muito empenho dos candidatos com os estudos. Ele informa que os enunciados das questões são longos, sendo que algumas são redigidas em sete linhas, o que exige muita habilidade dos recém-formados para interpretar o que está sendo solicitado e responder às perguntas rapidamente, já que o tempo precisa ser bem administrado.

 


Evite erros na primeira fase da OAB

 

Com base em sua experiência nos cursos preparatórios da LFG para bacharéis em Direito que vão prestar o exame da OAB, o professor Montans lista os sete erros mais cometidos pelos candidatos e podem ser evitados na primeira fase do teste. Veja a seguir:

 


Erro 1 - Fazer prova sem treino

 

“O exemplo dos atletas, que participam de maratonas e se preparam com antecedência para adquirir boa forma física para as provas, deveria ser seguido pelos candidatos do exame da OAB”, acredita Montans. Para ele, é um erro as pessoas arriscarem fazer o teste da primeira fase sem aquecimento.

 

"Treine antes com provas anteriores para conhecer os macetes do exame e as pegadinhas das questões, muitas vezes apresentadas com o relato de uma história", diz o advogado. Esse tipo de ensaio é bom também para administrar o tempo que o candidato leva para responder todas as questões, já que o teste leva ao todo cinco horas.

 


Erro 2 - Dar atenção para algumas matérias e ignorar outras

 

Renato Montans percebe que os candidatos estudam mais algumas matérias e deixam outras de lado por falta de tempo para repassar todas.

 

É comum focaram muito em Direito Civil e Processo Civil, que são as mais importantes e ignorarem a disciplina de Ética, por exemplo, que é tema de muitas questões.

 


Erro 3 - Premissa falsa dos conceitos

 

“Antes, a primeira fase do exame da OAB cobrava conceitos de temas jurídicos, como ‘o que é homicídio?’”, exemplifica o professor Montans. Atualmente, as questões são muito baseadas em casos concretos, o que leva os candidatos a terem domínio tanto da conceituação quanto da prática.

 

"É uma premissa falsa estudar bem somente a parte de conceito", alerta o professor, que insiste na importância de treinar a prática do exame com provas de anos anteriores para entender a tendência adotada pela banca examinadora.

 


Erro 4 - Fazer a prova sem pausas

 

Depois de 50 minutos de prova, o cérebro começa a ficar cansado e o raciocínio se torna mais lento. Para oxigená-lo, é recomendável que o candidato dê uma pausa. Uma dica do professor Montans é ir ao banheiro, fazer um alongamento e lavar o rosto.

 

Procure fazer mais umas duas paradas durante a prova, sem sair da cadeira, apenas desviando o foco do exame para arejar a cabeça. Ter algo para comer ajudar a desviar a atenção e recarregar as energias.

 


Erro 5 - Estudar na noite anterior à prova

 

O exame da OAB é um divisor de águas na vida dos bacharéis em Direito. Porém, a prova objetiva acontece em apenas um dia e o ideal é que os candidatos dediquem-se com certa antecedência.

 

Quando chega a noite que antecede a prova, o certo é desconectar dos estudos e descansar. Aproveite as últimas horas para dormir mais cedo, assim você acordará mais disposto para o exame no dia seguinte.

 


Erro 6 - Deixar de cuidar do aspecto psicologico

 

Algumas pessoas ficam mais ansiosas quando estão sob pressão. "O exame da OAB é um passo muito importante para os advogados e muitos ficam nervosos mesmo. Aceite que esse comportamento é normal, só não deixe que essa emoção prejudique a performance", avisa Montans.

 

Seu conselho para reduzir a tensão é se preparar psicologicamente com técnicas de relaxamento. Alguns recorrem à meditação, a exercícios respiratórios ou a outros recursos para manter-se calmo. Busque algo que traga tranquilidade no enfrentamento desse desafio.

 


Erro 7 - Estudos tardiamente

 

Como um especialista em exame de Ordem, Montans diz que a preparação para essas provas devem começar logo no primeiro ano da faculdade. Os que estudam com frequência e têm o hábito de fazer as provas para medir o seu conhecimento, estão em vantagem em relação aos que deixaram para a última hora.

 

Mas nem tudo está perdido para quem não conseguiu fazer esse planejamento durante a faculdade. Como o conteúdo do teste é muito amplo, uma boa dica é recorrer a cursos preparatórios, como os ministrados pela LFG para garantir sua chance de aprovação no exame da OAB.

 


Aproveite essas dicas, mantenha a calma e boa sorte na prova!

 

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

 

Cursos OAB 1ª e 2ª Fase

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você: