Blog Acontece

A LFG acredita que uma boa apresentação vai além dos materiais didáticos; por isso, disponibiliza um portal de conteúdos completo para você se aprofundar ainda mais.

Ministro anuncia 500 vagas para concurso da Polícia Federal

Ministro anuncia 500 vagas para concurso da Polícia Federal

Uma das primeiras medidas urgentes anunciadas pelo ministro Raul Jungmann, que acaba de assumir a recém-criada pasta da Segurança Pública, foi a abertura de novo concurso público para a Polícia Federal (PF). De acordo com ele, serão selecionados 500 profissionais para atuação na corporação.

 

Entre as vagas do concurso da Polícia Federal 2018, a expectativa é que sejam oferecidos cargos de agente policial, delegado, perito criminal e escrivão.

O certame foi autorizado pelo presidente da República Michel Temer e está previsto para ser realizado ainda este ano, de acordo com informações de Jungmann à Agência Brasil. Ele disse ainda que o orçamento da pasta será de R$ 2,7 bilhões. Após reunião com o Ministério do Planejamento, ficou decidido que não haverá contingenciamento das verbas do órgão.

 

Criada por meio de Medida Provisória (MP), editada por Temer no último dia 27/02, a nova pasta reúne a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Até então, todos esses órgãos estavam vinculados ao Ministério da Justiça.

 

Ficará a cargo do novo órgão também a articulação das políticas de combate ao crime. Outra atribuição será a gestão dos presídios sob responsabilidade do governo federal.

 

O novo ministério tem o objetivo de reforçar a segurança pública no Brasil e combater a criminalidade no país, principalmente no Rio de Janeiro, onde houve intervenção por parte do governo federal.

 

 

Concurso público para Polícia Federal

 

Durante sua posse, em 28/02, Jungmann destacou que serão contratados mil servidores por concurso público para as polícias Federal e Rodoviária Federal. Cada uma vai oferecer 500 cargos.

 

Na PF, o ministro ressaltou que o número de agentes em fronteiras será dobrado. De acordo com ele, o combate à corrupção e ao crime organizado serão considerados prioritários.

Em entrevista ao portal G1, o delegado Clyton Eustáquio Xavier, diretor de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, informou que "a corporação possui 628 cargos vagos para delegados e outros 2.242 para agentes da Polícia Federal".

 

A reportagem menciona que, além do déficit de delegados e agentes, "há 107 cargos vagos de peritos criminais federais, 917 de escrivães, 116 de papiloscopistas e 387 de agentes administrativos".

 

A justificativa do delegado da PF para a grande quantidade de cargos disponíveis é devido à falta de concursos públicos e aposentadorias dos servidores do órgão.

 

O grande déficit de policiais estaria prejudicando o trabalho da corporação e atrasando serviços como a produção de laudos periciais.

 

 

Oportunidade para concurseiros

 

O sinal verde do governo para abertura de concurso público da Polícia Federal 2018 abre oportunidade para profissionais interessados em ingressar na corporação.

 

Vanessa Pancioni, gerente acadêmica da LFG, observa que o reaparelhamento dos quadros da Polícia Federal é uma necessidade. “Ainda em agosto de 2016, quando participei do ‘Fórum Nacional de Concursos Públicos’ para discutir a perspectiva dos concursos públicos, a Associação de Delegados da Polícia Federal (ADPF) informou que havia, à época 491 cargos de delegado vagos”.

 

Após um ano e meio, Vanessa estima que o número de cargos vagos tenha aumentado. “São atividades importantes de competência da Polícia Federal que podem deixar de ser realizadas por ausência de concurso público”, comenta ela.

 

Para concurseiros interessados em disputar uma das vagas da PF, a gerente acadêmica da LFG sugere que comecem a estudar antes mesmo do lançamento do edital. Sua dica é focar em provas anteriores, que ajudam a mapear os pontos fortes e os de melhoria do candidato.

 

“Ele consegue traçar estratégias para o seu estudo futuro e, inclusive, otimizar o tempo. O candidato deve se concentrar em aprender os pontos que têm maior probabilidade de serem solicitados nas provas dos concursos públicos e que ainda não tem domínio”, orienta ela.

 

 

Matérias que caem nas provas

 

Entre as matérias que caem nas provas, especialmente as para Delegado da Polícia Federal, destacam-se as de Direito Previdenciário, Financeiro e Internacional Público. O concurseiro deve treinar bastante a peça prática.

 

A gerente da LFG acrescenta que também são cobradas as disciplinas de Direito Constitucional, Tributário, Penal, Criminologia, Processual Penal, Administrativo, Civil, Processual Civil e Empresarial.

 

 

Oportunidade de carreira na Polícia Federal

 

Veja a seguir atribuições de quatro possíveis cargos que deverão fazer parte do concurso público da Polícia Federal para 2018.

 

 

1- Delegado da Polícia Federal - um dos cargos mais cobiçados da corporação.

Requisito: Graduação em Direito por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Aprovação em exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), experiência de três anos na carreira jurídica ou tempo de trabalho em atividade policial.

 

Atribuições: Instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; atuar na elaboração de medidas de segurança orgânica; bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar a PF na consecução dos seus fins.

 

Salário: A remuneração inicial é em torno de R$23.000,00

 

 

2 - Perito Criminal Federal

 

Requisito: Graduação por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. O curso vai varia de acordo com a área de atuação. Algumas regiões solicitam nível superior em Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas, Farmácia, Biologia, Engenharia (diversos campos), Ciências da Computação, Medicina, Odontologia, Informática, entre outras.

 

Atribuições: Realizar perícias em locais de infração penal; fazer exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados, na prática de infrações penais; proceder pesquisas de interesse do serviço; coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais; participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento das mesmas; desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da PF; entre outras tarefas.

 

Salário: Inicial a partir de R$22.000,00.

 

 

3 - Agente de Polícia Federal

 

Requisito: Diploma de curso superior fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.

 

Atribuições: Executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais; dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa; entre outras tarefas.

 

Salário: Inicial a partir de R$12.000,00.

 

 

4 - Escrivão de Polícia Federal

 

Requisito: Diploma de nível superior fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.

 

Atribuições: Dar cumprimento às formalidades processuais; lavrar termos, autos e mandados observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; entre outras atividades de natureza policial e administrativa.

 

Salário: Inicial a partir de R$12.000,00.

 

 

SAIBA MAIS

 Se você deseja ampliar suas oportunidades profissionais e pensa em fazer concurso público para carreira policial, clique aqui e conheça os cursos preparatórios oferecidos pela LFG para os cargos de delegado, agente e escrivão da Polícia Federal.

 

 

Conteúdo produzido pela LFG, referência nacional em cursos preparatórios para concursos públicos e Exames da OAB, além de oferecer cursos de pós-graduação jurídica e MBA.

Assine nossa newsletter!

Recomendamos para você:

Conheça alguns cursos: